Já sabemos que as instituições públicas são responsáveis por oferecer educação em nosso país, não é mesmo? Muito além de oferecer, é preciso que essas instituições forneçam ensino de qualidade desde a pré escola até a pós-graduação, seja com cursos online - nossa especialidade aqui do Foco - ou os tradicionais cursos presenciais. Mais do que isso, o governo deve disponibilizar também formação de qualidade para os professores e oferecer condições para que estes consigam exercer seu trabalho com condições favoráveis para isso.

Neste artigo vamos dar foco aos anos iniciais do ensino e tratar sobre a educação infantil. Você terá um guia completo sobre o que é educação infantil, a importância do reforço escolar, legislações e principais atividades para a educação infantil. Além disso, vamos oferecer dicas de como você pode se manter atualizado e capacitado para exercer a profissão nesse segmento da educação. Nossa principal dica está nos cursos online em educação infantil, que, inclusive, são ideais para conciliar estudos e trabalho.

Afinal, o que é educação infantil?

A educação infantil faz parte das políticas públicas de educação do país e é garantida por várias leis de âmbito federal, são elas: Lei de Diretrizes de Base, Estatuto da Criança e do Adolescente e o Plano Nacional da Educação. O Ministério da Educação é o principal órgão responsável por regulamentar o ensino e as escolas, juntamente com os Conselhos Municipais de Educação (CME). Segundo o órgão Federal, o Estado tem o dever de garantir a oferta do ensino público e assegurar a necessidade da formação para o exercício da cidadania às crianças e adolescentes, bem como oferecer oportunidades para progredir no trabalho e nos estudos futuros.]

O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) afirma, entre outras coisas, o direito das crianças de receberem educação e cuidados por parte da família e das instituições de ensino. Você pode obter mais informações sobre o ECA, através de cursos EAD. Aqui no Foco disponibilizamos o Curso Online Estatuto da criança e do Adolescente.
 

Quem se enquadra na educação infantil?

Crianças de 0 até 5 anos de idade se enquadram no processo do educação infantil e as instituições responsáveis por oferecer tal serviço são as creches e pré escolas, sejam elas de caráter público ou particular. Essas instituições têm o dever de oferecer as condições necessárias para o desenvolvimento das crianças. É função do professor contribuir para a formação educacional das crianças.

Primeira etapa do processo educacional 

As atividades realizadas para a educação infantil são aquelas que irão gerar nas crianças o primeiro contato com o processo educacional, sendo a primeira etapa do processo educacional. Por isso, os pais, a família e a escola devem ter um olhar especial para esse segmento. Nesta etapa as crianças começam a desenvolver habilidades cognitivas, ou seja, o processo para adquirir conhecimento acadêmico, ampliar os aspectos afetivos, psicológicos, de disciplina e autoestima, por exemplo. Devido a isso, é responsabilidade das creches e pré escolas estimularem tais capacidades e até mesmo oferecer reforço escolar.

Todo mundo pode ser professor na Educação Infantil?

Agora que você já sabe o que é educação infantil, deve estar se perguntando se todos os professores podem atuar nessa área ou somente aqueles profissionais pedagogos. Bom, para atuar na educação infantil é desejável ser licenciado em Pedagogia. Aqueles que possuem o nível médio podem ser contratados como auxiliares. É importante ressaltar que os cursos EAD são importantes ferramentas na formação de educadores. Aqui no Foco Educação Profissional você consegue se capacitar através de cursos online com certificados. São centenas de cursos em várias áreas.

O processo de aprendizagem das crianças é fundamental e, tanto os gestores das instituições quanto os pedagogos, necessitam de formação e capacitação adequadas para que saibam lidar com as situações diversas que são vivenciadas dentro e fora da sala de aula. Dessa forma, além da graduação, é preciso buscar meios de sempre ampliar o conhecimento e promover as atividades para a educação infantil da melhor forma possível. Não quero parecer cansativa, mas nossa especialidade está em cursos à distância e o nossos cursos online em educação infantil compõe uma ótima opção para isso, eles complementam a carga teórica já adquirida na graduação ou pós-graduação e você pode utilizar os cursos online com certificados para comprovar experiências. Além disso, os cursos à distância permite conciliar o estudo com outras atividades de rotina.

Os professores e a família desempenham o mesmo papel na educação infantil?

Partimos do pressuposto que o círculo familiar e as escolas possuem participações distintas na sociedade e, na educação infantil, esse quadro não é diferente. Eles desempenham papéis bem diferentes no processo de aprendizado nesse segmento, contudo, o convívio em sociedade, a unidade familiar e a escola, juntos, são responsáveis pela formação total da criança e devem funcionar em parceria: os pais e outros parentescos funcionando como reforço nos valores familiares e o ambiente escolar oferecendo conhecimento acadêmico.




Para separar este papel, você deve ter em mente que o primeiro contato de uma pessoa é com a unidade familiar, sejam os pais biológicos ou adotivos, avós ou aqueles ligados por um laço afetivo. Segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente, “toda criança ou adolescente tem direito a ser criado e educado no seio da sua família”. É no contexto familiar que recebemos as primeiras bagagens de valores, emoções e concepções de mundo e ética. No entanto, algumas famílias passam às escolas a responsabilidade total de educar as crianças, pulando uma etapa essencial do processo educacional. Como vimos nos parágrafos anteriores, o papel da escola não é esse.

A escola deve oferecer quase que exclusivamente o conhecimento acadêmico e pedagógico às crianças e colaborar com a família. Nesse âmbito, a criança é submetida a viver experiências coletivas e refletir sobre o bem-comum, por exemplo. Por isso, é muito importante que os profissionais deste segmento se preparem, e é claro que os cursos EAD lhe possibilitam conhecimentos para lidar como todas as crianças, com suas diferenças. Ainda, ajuda a estarem preparados para conviver com situações de bulliyng, inclusão de crianças com deficiência visual ou baixa visão, surdas, cegas e outras. Falando em inclusão, ta na hora de abordarmos esse assunto. 

Inclusão

Cabe tanto à escola quanto à família oferecer condições de inclusão para as crianças com deficiências, que possuem algum tipo de transtorno, ou até mesmo aquelas crianças que cresceram em meio cercado por uma cultura ou religião diferente. Na educação infantil é indispensável pensar nas diferentes formas de inclusão e diversidade, além de tratar com respeito às experiências das crianças e se preparar para isso realizando cursos online em educação infantil.

As políticas públicas de inclusão em vigor no Brasil garantem o direito de todos os alunos estudarem juntos, independente de qualquer diferença. Podemos perceber que as escolas estão se adequando, investindo desde a estrutura adaptada a pessoas com deficiência motora até em profissionais com prática e capacitação no atendimento educacional especializado. Devemos deixar claro que não cabe à escola diagnosticar Transtornos Globais do Desenvolvimento (TDH), Transtornos por Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), Autismo ou até mesmo chamar atenção de alguma criança por qualquer questão de gênero. Dica rápida: cursos online oferecem saídas interessantes as pessoas que possuem pouco tempo para capacitação. 

Como você iria preparar uma atividade lúdica para as crianças da educação infantil em uma sala de aula? Levaria em consideração brincadeiras para meninos e brincadeiras para meninas? Quando falamos sobre inclusão, as questões de gênero não podem ser deixadas de lado. Podemos exemplificar essa situação quando é imposta a diferenciação entre brincadeiras para meninos e brincadeiras para meninas. O brincar não interfere na opção sexual das crianças. Restringir as brincadeiras limitam as descobertas e o processo de convívio social dos pequenos. As crianças precisam ser estimuladas a conviverem livres de preconceitos e a desenvolverem a imaginação e a sensibilidade, devem também aprender a compartilhar. Além disso, não é papel da escola proibir o acesso das crianças a uma variedade de atividades.

Os certificados do Foco Educação Profissional podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

A importância das brincadeiras: rodas, leituras e músicas

As instituições de ensino se organizam através de uma rotina e, envolta dela, os professores podem coordenar suas atividades. Para alguns adultos, a rotina quase sempre está atrelada a algo automático e monótono, já para as crianças, é uma questão fundamental. Os professores ou interessados no assunto conseguem, através de cursos à distância,  conseguem realizar atividades para a educação infantil que envolva o ato de contar histórias, a rotina de fazer roda, exercícios de leitura, criação de música e estimular o lúdico.

O ato de fazer roda

A roda é a situação de comunicação entre todos os alunos da turma e o professor. O momento de realização dela gera grande expectativa nos alunos, já que a própria mobilização de se formar uma roda indica que alguma coisa importante vai acontecer. O professor pode narrar uma história, levantar questionamentos e explorar fatos sobre um determinado assunto, visando sempre proporcionar relações de interação e troca entre as crianças. O objetivo principal dessa atividade para e educação infantil é mostrar que podem existir várias perspectivas sobre um único tema em uma situação de coletividade. A roda permite também que o professor observe essas relações e verifique necessidades pontuais da turma. O professor pode chegar a conclusão que é necessário desenvolver mais a capacidade crítica ou amadurecer alguma ideia, por exemplo.

A roda pode ser um espaço para que as crianças também sejam inseridas no mundo virtual. O educador pode realizar cursos online para aprender atividades dinâmicas com jogos eletrônicos ou utilizando recursos da computação, por exemplo.

A literatura na educação infantil

Incentivar e desenvolver o hábito da leitura na idade em que todos os costumes estão em processo de formação é fundamental. Nesse processo, a família tem papel importante. Inclusive, o ato de contar uma história antes de dormir, por exemplo, é um processo que aproxima a relação entre pais e filhos. Entretanto, a literatura também se aprende na escola, os espaços institucionais devem estimular a leitura sempre. Quanto mais cedo o contato com a literatura, melhor. Além de acrescentar novas palavras ao vocabulário das crianças, elas começam a ter o primeiro contato com a estrutura de início, meio e fim de uma história, o que dá a condição àquela criança de escrever textos mais coesos e coerentes no futuro. Ainda, garante o desenvolvimento da escrita.

O contato com os livros, mesmo que somente composto por imagens, tem o poder de mexer com as sensações das crianças. O espanto, o medo, a surpresa e outras emoções brincam com o imaginário delas e estimula o processo criativo. Os professores devem selecionar textos pensando no respeito aos alunos e devem sempre ter uma intenção ao trazer um livro para a sala de aula. Dessa forma, a narrativa mais utilizada em sala de aula são as fábulas. Contudo, é preciso ter atenção ao realizar o ato de contar histórias. Os personagens compostos por animais com características incomuns e que passam uma moral ou aprendizado no final da história, atraem a atenção dos meninos e meninas. Contudo, muitos educadores, preocupados em verificar se a ideia foi passada da maneira correta e entendida pelos alunos, acabam antecipando uma explicação dessa moral. É preciso tomar muito cuidado com isso e entender que, apesar de estarem na sala de aula, em um momento coletivo, as crianças são indivíduos que passam por experiências e vivências diferenciadas. Ou seja, a história contada pode ter entendimento diferente entre elas. nessas horas, não existe o “certo” e o “errado”. Além disso, é preciso levar em consideração também a organização dos espaços de leitura. Ter o famoso “cantinho da leitura” que as crianças adoram, faz parte do processo de rotina na pré escola.

A importância da música na educação infantil

A música é uma das linguagens mais antigas já registradas, o estudo da história da música diz muito sobre as características culturais da sociedade. Estamos em contato com os sons quando escutamos os carros na rua, o barulho do vento, os latidos dos cachorros, o toque do celular. Essa presença forte do som estimula a percepção das crianças e pode motivar o processo de aprendizagem das mesmas. A melodia, assim como a literatura, estimula os sentimentos e sensações nas crianças e também explora o processo criativo nelas. Desenvolve a memória e ativa também o desenvolvimento corporal, noções de ritmo e de pausas. Devido a esses benefícios, é tão importante que seja utilizada a música nas aulas. Você pode se aperfeiçoar nesse segmento realizando o curso online Música na Educação Infantil e saber um pouquinho mais sobre os processos e técnicas para uma ótima aula. Você encontra em nosso portal, cursos online com certificados que acrescentam muito em sua carreira profissional e acadêmica.

Lembre-se que garantir ensino de qualidade é dever do Estado, segundo as legislações e decretos apresentados, mas buscar capacitação, atualização ou aperfeiçoamento com cursos EAD deve partir dos profissionais da área. Comece o ano com o pé direito e faça sua inscrição. Depois, conte para toda equipe, alunos e alunas do Foco Educação Profissional como os cursos à distância auxiliaram você a preparar aulas melhores, diferenciar o papel da escola e da família e a ter um novo olhar para a educação infantil.