Os cursos online ampliaram o leque de opções em capacitação e qualificação de profissionais de todas as áreas. Eles tornaram mais fácil o acesso à informação e ao conhecimento, oportunizando que pessoas possam descobrir uma carreira com a qual se identifiquem, que possam dar um upgrade em sua vida profissional ou até mesmo que consigam se preparar para uma promoção de cargo.

Considerando que o mercado de trabalho é bastante exigente no que diz respeito à formação e qualificação profissional, cursos EAD, assim como outros tipos de cursos, podem ser vistos como a solução para quem precisa de atualizações em seu currículo. O currículo, por sua vez, é o passaporte para novas oportunidades ou para dar um passo maior na carreira, por isso, tê-lo sempre com novos conhecimentos, competências e habilidades é uma das formas de sobreviver, manter-se no mercado e estar sempre bem qualificado para as vagas de emprego ofertadas.

Apesar de tudo isso, e do ensino à distância oferecer cursos online com certificado, há algumas coisas que geram dúvidas: como montar o currículo, como identificar os cursos nele e como falar sobre os cursos ead na entrevista de emprego

Para montar o CV, você pode pegar um modelo de currículo na intertet - há sites que disponibilizam alguns para download e até identificam qual o melhor modelo para determinada candidatura. Uma dica valiosa: opte por um modelo de currículo moderno e siga as instruções dadas sobre como preenchê-lo, pois às vezes o candidato enche de coisas desnecessárias, enquanto um currículo enxuto pode ser bem mais apresentável e melhor visto pelos recrutadores.

Com relação a ter receio de não saber o que falar, podemos ajudar. Sabemos que esse momento sempre causa ansiedade e nervosismo, por isso vamos mostrar formas de facilitar que você mencione cursos à distância em sua entrevista, e também os argumentos que você pode usar como justificativa.

Como o mercado de trabalho enxerga os cursos online

A cada ano cresce o número de empresas que apostam em profissionais que se qualificam em cursos online, algumas, inclusive, investem em cursos virtuais para treinar e capacitar seus funcionários. O mercado de trabalho já não tem tantas ressalvas, como era há alguns anos, pois já pode ver e comprovar a qualidade do ensino à distância, por meio dos profissionais que têm preenchidos os diversos cargos oferecidos nas mais diversas áreas e que, desenvolveram competências e se qualificaram por meio do ensino virtual. 

Quem ainda tem uma visão estreita sobre cursos a distância, já percebeu que tinha era, na verdade, falta de conhecimento e de informação e que o ponto fundamental é conhecer detalhadamente a instituição que oferece o curso, bem como o seu funcionamento e metodologia. 

A maioria dos recrutadores, bem como de headhunters, não vê como “diferente” o que se aprende em cursos EAD e o que se aprende em cursos presenciais - alguns, inclusive, defendem que o aluno de  tem um melhor aprendizado. 

De qualquer forma, você deve estar preparado caso encontre um entrevistador que precise ser “convencido” com argumentações sólidas a respeito do ensino à distância. Uma das argumentações mais fortes é que, em plena era digital, não há como não considerar válido, sério e respeitável, o aprendizado virtual.

De posse dessas informações, é hora de ter algumas dicas para a sua entrevista de emprego.

Cursos relacionados que podem te interessar:

Cursos online: o que saber para falar sobre eles em uma entrevista

Ir bem preparado para uma entrevista de emprego é ponto crucial para ser um forte candidato à vaga oferecida. Se a sua preocupação é sobre o que deve e o que não deve falar sobre os cursos que fez em ambiente virtual, veja a seguir algumas informações que lhe serão bastante úteis para que esteja afiado e que seja convincente em sua entrevista.

Cursos online x cursos presenciais: mesma importância

O primeiro passo é ter isso bem claro para você: cursos EAD e cursos presenciais têm o mesmo valor, um é tão bom quanto o outro. Ambos são desenvolvidos a partir do trabalho de profissionais especializados, que montam o percurso formativo e a grade de conteúdos a partir de pesquisas e de metodologias que visam reunir em um curso tanto as práticas pedagógicas para que se tenha um bom processo de aprendizagem quanto materiais atualizados e ricos em informações voltadas à área específica de estudo.

Um curso a distância abordará os mesmos conceitos que um presencial, oferecerá ao aluno o mesmo aprendizado, os mesmos tópicos de estudo, o que difere é apenas a modalidade - enquanto um não acontece sem que o aluno esteja presente, o outro acontece quando e onde o aluno escolher.

Identificar ou não os cursos online no currículo?

Com relação ao currículo, não há nada que obrigue que se tenha que identificar a modalidade do curso. O que pode acontecer é você ajudar a desmistificar o que diz respeito à educação à distância, mostrando, com argumentos, que foi um curso que também exigiu horas de estudo e pesquisa, inclusive, avaliações, como no caso dos cursos online com certificado, no quais o aluno é avaliado e tem suas carga horária e resultados registrados.

As leis que regulamentam os cursos livres

Esse é um de seus mais fortes argumentos. Os cursos livre são regulamentados por Lei. De acordo com o Decreto 5.154/04 e a Lei 9.394/96. Por cursos livres ou cursos rápidos, como também são chamados, entende-se cursos cuja modalidade pode ser presencial ou à distância, de duração variável e que proporcionam ao aluno formação profissional, qualificação e atualização para o trabalho.

Esses cursos não precisam de autorização prévia para funcionamento, assim como não necessitam de pós-reconhecimento do MEC. Eles integram a chamada Educação Profissional.

A certificação dos cursos EAD

A certificação dos cursos virtuais deve ser mencionada na sua entrevista, pois é importante que o entrevistador saiba que você estudou e que seus conhecimentos foram avaliados, como em qualquer outro tipo de curso ou de etapa de ensino, como na escola a na universidade.

Os cursos online com certificado atestarão que você teve seu tempo de estudo e assimilou os conhecimentos, o que é muito importante para a sua qualificação. É importante lembrar que para colocá-lo em seu currículo, você deve ter o certificado emitido pela instituição responsável pelo seu aprendizado. Nele devem constar os conteúdos aprendidos durante o curso e a carga horária.

Aqui é importante salientarmos sobre a importância de escolher uma curso idôneo, que lhe passe confiança e que tenha condições de entregar o que lhe promete: material de qualidade, garantia de aprendizado, avaliação e certificação. O mercado de trabalho exigirá bastante de você, por isso escolha bem o seu curso.

Saiba sobre quais cursos falar e quais deixar de fora

Atenção a este ponto: uma das coisas que você deve ter em mente é que o seu currículo e consequentemente a sua entrevista serão avaliados pela qualidade e não pela quantidade. Ou seja, não adianta você encher o seu currículo de cursos, principalmente de cursos rápidos, que oportunizam que possamos fazer vários ao longo de nossa vida profissional. Ao pegar o modelo de currículo para fazer o seu, tenha em mente que não precisa preencher tudo o que há nele, alguns modelos são ótimos, mas trazem, por exemplo, muitos campos a serem preenchidos em alguns itens - cursos, por exemplo. Se houver nove campos para cursos, preencha somente os que dizem respeito à vaga, mesmo que sejam apenas dois.

O mesmo vale para a entrevista, que deve ser direta e ter um objetivo claro: impressionar o recrutador - e impressionar, neste caso, não significa ter feito cursos sobre tudo e em diversas áreas. O que vai impressioná-lo é você mostrar que você se qualificou na área pela qual pleiteia uma vaga e se aprofundou no conhecimento do assunto.

Direcione, na entrevista, os cursos que têm a ver com a vaga de emprego à qual você se candidatou, e esqueça os outros. Se a vaga for para o setor administrativo de uma construtora, por exemplo, é insignificante e pode até “queimar o seu filme” se você disser que fez cursos rápidos voltados à área da educação, culinária e moda. Já outros, como um curso sobre licitação, pode ser um diferencial na sua seleção, considerando que construtoras são potenciais fornecedoras ao governo e que profissionais que entendem de todo o processo que envolve licitações são muito bem contados em determinadas áreas.

Falar sobre os pontos fortes de quem estuda a distância

Uma boa abordagem sobre o ensino a distância em entrevistas de emprego, é destacar o perfil de quem se propõe a aprender não frequentando um espaço físico e sim, um virtual. Citar que para estudar a distância é preciso muita disciplina, organização, foco e facilidade para resolver problemas mostra que você tem essas características e que isso refletirá em seu comportamento profissional.

O que cada característica pode dizer sobre o candidato:

♦ Disciplina: uma vez que não há alguém controlando a frequência e a presença, então depende exclusivamente do aluno se policiar para criar uma rotina de estudos e segui-la.

♦ Organização: porque é preciso que o aluno organize o tempo de trabalho e o tempo de descanso, assim como o tempo para outras atividades que permeiam essas duas: lazer, compras, cuidados com a saúde etc.

♦ Foco: essa é uma característica valiosa em um profissional, mostra a sua capacidade de direcionar a sua atenção para determinada tarefa e executá-la, independentemente das potenciais distrações. No caso de quem estuda a distância, há várias coisas que podem lhe tirar o foco, principalmente porque normalmente o aluno estuda em casa.

♦ A facilidade para resolver problemas se mostra pela própria modalidade de ensino: o aluno tem todo o material, os fóruns, os tutores e os colegas a quem pode consultar, mas haverá momentos em que ele precisará ir além que há disponível e buscar soluções e respostas para determinado problema ou dúvida. Se houver algo que ele não conseguiu em todos os meios disponíveis, ele não se apertará e irá além, buscar em outras fontes. Todas essas atitudes, se enfatizadas, poderão destacar o candidato na entrevista.

Os certificados do Foco Educação Profissional podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

Quais as competências que ganhou com o curso

É imprescindível que o entrevistador tenha essa informação de você. Fale sobre as competências que você adquiriu com os cursos online, mostre que você está apto a desenvolver determinada tarefa ou função. Um bom recurso é falar também sobre o quão importante foi para você qualificar-se e obter essas competências, e direcione isso para a vaga, dizendo o que você poderá ser capaz de fazer pela empresa.

Importância de se atualizar e especializar

No momento oportuno da entrevista, fale sobre a importância de estar em constante atualização. Empresas valorizam os funcionários que estão sempre buscando qualificar-se e especializar-se. Esse é o momento adequado também para enfatizar que a educação à distância facilita esse processo de busca de conhecimento. Salientar que os cursos à distância dão o aporte necessário em termos de conhecimento e facilitam para quem tem uma vida atribulada, com pouco espaço para encaixar um curso presencial, pode ser também dito nesse momento.

Empresas não veem com bons olhos o que se torna obsoleto - e não falamos apenas de máquinas. Quem não recicla o conhecimento, não se atualiza, dificilmente consegue acompanhar as constantes mudanças em vários setores profissionais e não se posiciona entre os candidatos mais fortes às vagas de emprego ofertadas. Há ainda que se considerar que em tempos difíceis, como de crise e desemprego, as corporações vão apostar em quem está melhor preparado e em evolução constante - principalmente quando precisarem fazer cortes no quadro de funcionários. Sendo assim, você deve mostrar que não está parado e que é bastante interessado em estar em um aprendizado contínuo.

É preciso que se tenha uma posição firme frente ao entrevistador, mostrando a importância e principalmente  os resultados do aprendizado na modalidade online. Lembre-se de manter uma postura firme e segura, fale com clareza e seja convincente sobre o que está falando. Não tente “enfeitar” demais as suas qualificações, pois caso você seja selecionado, elas serão testadas oportunamente. Fale em coisas que realmente acredite e que realmente sejam verdadeiras, principalmente no que diz respeito ao seu aprendizado nos cursos que fez.

Agora nos conte sobre as suas experiências em entrevistas de emprego e como você falou sobre os cursos online que fez. Você conseguiu mostrar ao entrevistador que a educação a distância não deixa nada a desejar à educação presencial? Qual foi a reação do recrutador com relação aos cursos virtuais listados em seu currículo? Houve, em algum momento, críticas a esse modalidade de ensino? Você conseguiu a vaga ou, pelo menos, teve um feedback a respeito da entrevista? Conte-nos tudo.

Caso você ainda não tenha passado por situação semelhante, certamente nossas dicas irão lhe ajudar bastante em suas próximas entrevistas para a seleção de candidatos à vagas de emprego. E se gostou de nossas dicas, que tal agora conhecer os mais de 700 cursos ofertados pelo portal Foco Educação Profissional, fazer sua inscrição e começar a se qualificar agora mesmo? Sabe que há, neste momento, mais de 140 mil alunos fazendo nossos cursos para incrementar seu currículo? Pense nos benefícios que você terá - e tudo isso por apenas R$ 69,90, com direito a acessar todos os cursos, durante um ano. Até mais e boa sorte!