Quem convive com surdos frequentemente, seja no trabalho ou em qualquer ambiente, com certeza percebe a forma de comunicação deles por meio da Língua Brasileira de Sinais, conhecida como Libras. Um conceito próprio e inspirador, é essencial para a interação dos deficientes auditivos tanto no próprio grupo quanto com os ouvintes.

Nessa observação, para melhorar a relação com eles, aprender Libras se torna tanto um desejo quanto uma necessidade. A boa notícia é que hoje em dia existem muitos cursos online e guias otimizados que ensinam tudo que é proveniente da cultura surda passo a passo, como o Curso Online Libras – Língua Brasileira de Sinais, do Foco Educação Profissional.  

Com essas opções eficientes e o contato direto com surdos, é possível capacitar e aperfeiçoar nessa língua tão incrível que ainda agrega em sua formação profissional. Felizmente, muitas empresas estão dando espaço para pessoas com deficiência e o contato com elas garante muito aprendizado. Isso vale também para outros espaços, como a faculdade, a igreja e toda a comunidade em si. Todos os ouvintes podem fazer um curso de Libras e se qualificar pensando em inclusão social.  

Se você é iniciante e conhece pouco desse universo, vamos mostrar alguns dados interessantes e responder as questões mais frequentes para acabar com qualquer dúvida. Além disso, daremos dicas de cursos online com certificado essenciais para melhorar seu convívio com os surdos e até se formar nessa área. Quem sabe você não se torna um professor ou intérprete futuramente? Acompanhe e saiba mais! 

Quantos surdos existem no Brasil? 

Segundo dados de 2015 do IBGE, divulgados pela Agência Brasil, 6,2% dos brasileiros declaram ter alguma deficiência. Desses, 1,1% são deficientes auditivos, sendo 0,9% em decorrência de algum acidente ou doença e 0,2% que já nasceram surdos. Em números, destacam-se mais de 9 milhões de pessoas com graus severos ou moderados para ouvir.

Embora existam uma série de tratamentos, muitos não conseguem se adaptar a um aparelho auditivo ou não podem passar por como cirurgias e outros procedimentos. Logo, é uma necessidade que encontrem métodos de comunicação alternativa para que interajam tanto em um grupo comum quanto na sociedade em si. É aí que entra a Libras, fundamental para a educação inclusiva e para garantir que os surdos possam viver dignamente e realizar as mesmas tarefas que um ouvinte.  

Aqui no Brasil, visto o grande número de deficientes auditivos, há uma diversidade de instituições, campanhas e programas que visam a inclusão tanto no mercado de trabalho quanto em diversos meios. O maior exemplo é o Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES), precursor do ensino de Libras no país, criado em 1856 e com forte ligação com o Ministério da Educação. Com mais de 150 anos, capacita surdos da educação infantil até o ensino médio, com o ensino do alfabeto em Libras e toda sua estrutura cada vez mais otimizado e com meios modernos.

Além do INES, há ainda muitas organizações que visam capacitar surdos e mostrar aos ouvintes tudo que é pertinente a essa língua. Felizmente, fazer um curso de Libras é mais fácil hoje em dia, sobretudo por meio de cursos EAD, que qualificam de modo versátil, prático e com excelência, ideal para quem não tem tempo de sair de casa e quer aproveitar o tempo livre para estudar e conhecer tudo sobre conceito.  

O que é Libras? 

Afinal, o que é a Língua Brasileira de Sinais? Quais as principais características? Bom, como o próprio nome diz, trata-se de uma língua oficial e nacional a respeito da comunicação entre surdos, primordial para garantir o espaço deles na sociedade e permitir que possam realizar todas as tarefas convenientes a qualquer indivíduo, como estudar, trabalhar, se divertir, namorar, entre outras infinitas atividades.  

Embora seja direcionada, a Língua Brasileira de Sinais também pode (e deve) ser aprendida pelos ouvintes, independente se convive com um surdo em seu meio social ou precisa se qualificar para um trabalho. Aprender é inspirador e traz, além do conhecimento, a sensação de ajudar os deficientes auditivos a terem mais espaço, pensando sempre em acessibilidade e métodos avançados de integração. 

Ao contrário do que muita gente imagina, a Libras não é universal, ou seja, só é usada aqui. Cada país tem sua própria representação de alfabeto manual que, assim como a linguagem falada, muda quanto ao nome e demais características. O que pode ser considerado comum à cultura surda internacional é o Gestuno (Língua Gestual Universal), utilizada por nativos de diferentes países em eventos, conferências e reuniões. Nesse caso, não é visto como língua porque não tem gramática, e sim um recurso que garante a interação dos surdos de diferentes países e culturas.  


O que diz a Legislação sobre Libras? 

A Lei 10.436, sancionada em 2002, reconheceu a Língua Brasileira de Sinais como uma língua com estrutura própria, sendo direito de todo surdo aprendê-la paralelamente ao português, respeitando os parâmetros da comunicação alternativa e da educação especial inclusiva, essenciais a todo o sistema educacional brasileiro e toda pessoa com deficiência, seja física ou mental, com TGD ou superdotação.

Ainda segundo o decreto, ‘’as instituições públicas e empresas concessionárias de serviços públicos de assistência à saúde devem garantir atendimento e tratamento adequado aos portadores de deficiência auditiva, de acordo com as normas legais em vigor’’, para que, assim, eles se sintam parte da sociedade e, na interação com ouvintes, entendam seus direitos e deveres básicos de cidadão. 

Libras é uma língua ou linguagem? 

O próprio nome revela que se trata de uma língua, assim como o português, inglês, alemão e uma diversidade que conhecemos. Por ter todas as características comuns a todas as línguas naturais, como sintaxe, fonologia, morfologia, pragmática e semântica, Libras vai além de uma manifestação ou intenção comunicativa, por isso é ensinada com toda sua estrutura e complexidade.  

É interessante (e fundamental) aos ouvintes que buscam fazer um curso de Libras saber que é praticamente a mesma coisa do que aprender inglês ou qualquer outra língua que não se conhece e tem contato. A dificuldade depende da disposição, interesse e tudo que permeia uma aula tradicional. Por isso, é importante contar com bons orientadores e materiais explicativos para isso.

Muitos cursos à distância, especialidade do Foco Educação Profissional, são ótimos para abordar tudo sobre esse conceito, desde meios práticos para iniciantes até avançados. São alternativas incríveis para aqueles que têm objetivos ambiciosos e visam a total capacitação e especialização no alfabeto em Libras e em todos seus recursos. 

A Língua Brasileira de Sinais é padrão? Ela se altera? 

Sim, Libras se altera bastante conforme a região. Não existe um padrão, e sim diversas variações, assim como a língua oral. Portanto, uma comunidade surda do Nordeste tem termos regionalistas e gírias que não se aplicam ao Sudeste, assim como uma série de expressões idiomáticas. 

Além disso, é importante esclarecer que nem todas as palavras em português tem tradução literal no alfabeto em Libras, assim como o contrário também acontece: há termos no dicionário de Libras que são complexos e não tem um padrão exato no meio oral. Tudo depende, claro, de uma interpretação de toda a cultura linguística de ambos conceitos.  

Esse ponto é fundamental para que as pessoas entendam que Libras tem sua própria raiz e cultura. Não foi algo criado com base no português, e sim de acordo com conceitos de sinais já existentes, no caso, o francês. Cada dialeto tem peculiaridades que só dizem respeito a ele e a seus nativos, portanto, ao aprender, é preciso ter em mente a total adequação a esse universo para se especializar de modo eficiente.  

Essa relação fica bem clara quando começamos a conhecer e compreender mais sobre o conceito. Uma dica legal para ficar por dentro de tudo isso é fazer o Curso Online Libras – Língua Brasileira de Sinais. Além da história, definição, dicionário de Libras e alfabeto, há um conteúdo completo que informa os iniciantes e mostra tudo que é essencial aprender para se comunicar com os surdos em qualquer espaço, como em seu trabalho, por exemplo. Você pode aproveitar o melhor dos cursos EAD para se atualizar quando achar conveniente e entender todos os aspectos dessa língua inspiradora. 

Por que é importante aprender Libras?

Há diversos motivos! Você pode aprender tanto para melhorar a interação com um parente ou amigo surdo, visando uma formação profissional na área de tecnologia assistiva e conceitos similares, para a educação de crianças e adultos surdos ou apenas para conhecer mais e se qualificar em outra língua.

Além de fazer um curso de Libras, você pode compreender termos gerais que dizem respeito aos deficientes auditivos, como a abordagem correta, o jeito de tratá-los e os parâmetros principais dos temas ligados a esse grupo. O Curso Online Deficiência Auditiva é uma proposta interessante que relata toda a definição quanto a avaliação, desenvolvimento e inclusão dessas pessoas com deficiência. O melhor meio de se informar é buscar conhecimento em fontes práticas e eficientes, missão de todos os cursos online do Foco Educação Profissional.

Quem deve aprender Libras?

  • Pessoas que têm familiares próximos com deficiência auditiva, seja um filho, irmão, primo, entre os mais diversos graus de parentesco;
  • Gestores, empreendedores e profissionais da área de recursos humanos, já que é lei contratar pessoas com deficiência em qualquer empresa, e uma delas pode ser surda e precisar de alguém para se comunicar com excelência;
  • Profissionais de diversas áreas que lidam com pessoas, como Saúde e Direito, por exemplo. Nesses setores, o que não falta é a pluralidade, por isso é interessante entender Libras para entender as necessidades de um surdo. Essa especialização é importante e destaca um bom profissional justamente por pensar na inclusão social e buscar métodos para se manter nesses espaços múltiplos;
  • Educadores em todos os níveis, que precisam entender a diversidade e as melhores formas de tratar pessoas diferentes na sala de aula e em todo o ambiente escolar em si. Imagine se uma criança surda entra na turma? Fica bem mais fácil mostrar para ela um ambiente acolhedor com um professor que sabe os parâmetros da língua e pode conversar com ela normalmente, assim como todos os alunos;
  • Pessoas interessadas em se profissionalizar na Língua Brasileira de Sinais para trabalhar com interpretação, tradução ou simplesmente ensinar para os leigos. Nesse caso, além de passar pelo Prolibras – Programa Nacional para a Certificação de Proficiência no Uso e Ensino da Língua Brasileira de Sinais – Libras e para a Certificação de Proficiência em Tradução e Interpretação da Libras/Língua Portuguesa, do Ministério da Educação, é primordial fazer cursos online com certificado para incrementar a qualificação e mostrar que está apto a lecionar para indivíduos de todas as idades;
  • Aqueles que trabalham com o atendimento ao público em geral, sobretudo em áreas voltadas ao bem-estar de pessoas com deficiência e com variadas condições. Pense que, assim como dominar inglês, espanhol ou outra língua, é um diferencial no currículo entender o dicionário de Libras e as nuances dessa língua, ainda mais agora que o mercado de trabalho está disputado e só aqueles que estão preparados se destacam.

Como aprender Libras? É difícil?

Bom, pode ser um desafio para algumas pessoas e uma prática simples para outras. Tudo depende da dedicação e do interesse em conhecer o que permeia Libras e seus recursos. O maior obstáculo para certos alunos é o fato de não conviver com muitos deficientes auditivos diretamente, o que pode prejudicar o aprendizado orgânico, afinal, ter a ajuda de uma  pessoa fluente para colocar em prática toda a teoria absorvida é ótimo e leva a um desenvolvimento eficiente.

De qualquer forma, o que não faltam são meios para se tornar um expert em Libras. Desde que você esteja realmente disposto a desbravar esse conceito, fica bem fácil se especializar. Além do material divulgado por entidades da área, vídeos e uma diversidade de grupos de surdos nas redes sociais, você pode se qualificar com cursos à distância, aprendendo tanto pelo computador quanto via smartphone. Seguindo os guias passo a passo e com muita concentração e estudo, é possível entender todos os conceitos e, quem sabe, se tornar até um profissional nessa língua. Basta treinar bastante e nunca deixar esse conhecimento de lado.

Somente surdos podem ensinar Libras?

Não necessariamente. Embora esse seja um emprego comum para muitos surdos, vários ouvintes também lecionam, traduzem e interpretam, dando aula sobretudo para os iniciantes que não têm contato nenhum com muitos aspectos dessa língua. No mais, há espaço para todos os bons profissionais que têm como missão levar o aprendizado íntegro e excelente para aqueles que estão interessados na Língua Brasileira de Sinais.

Os certificados do Foco Educação Profissional podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

Aos  interessados em aprender, especializar e se capacitar nessa língua, existem diversas opções para se qualificar, como em cursos EAD práticos e excelentes. Você pode fazer cursos online com certificado em cargas horárias distintas com um tempo de estudo à escolha. No Foco Educação Profissional, a certificação é opcional, com tempo de 5 a 360 horas. 

Além de contar com cursos à distância exclusivos e atualizados, preparados por uma equipe pedagógica direcionada, você tem a vantagem de fazer tanto o Curso Online Libras – Língua Brasileira de Sinais quanto as mais de 700 opções disponíveis nas mais diversas áreas investindo um valor único de R$69,90, que vale por um ano. Assim, você não precisa se preocupar com mensalidades e pode fazer a hora que quiser.

Tanto para formação profissional quanto para buscar conhecimento amplo e específico em variados setores, é uma ótima ideia contar com os cursos online. Inscreva-se agora e junte-se a mais de 140 mil alunos satisfeitos com o portal. Seu futuro não pode esperar!

Bom, esperamos que você tenha gostado de saber mais sobre Libras e esteja animado para aprender tudo sobre essa língua e suas peculiaridades. Se tiver alguma dúvida, não deixe de comentar, ficaremos felizes em respondê-lo. Boa sorte e até mais!